Albert e Chàrlene – História de Princípes – Na Eles&Elas nº 300

Este slideshow necessita de JavaScript.

Albert Alexandre Louis Pierre, hoje Albert II, Alteza Sereníssima, Príncipe Soberano do Mónaco e Charlène Linette Wittstock, hoje Princesa Consorte do Mónaco, casaram- se em Julho de 2011.
Os três dias de comemorações que culminaram na cerimónia religiosa realizada na Igreja do Palácio foram considerados como tendo sido a maior festa, em 55 anos, realizada no Principado desde o casamento dos pais de Albert, Rainier III com a lindíssima atriz americana Grace Kelly.Contestando até hoje a falta de sorte que a família Grimaldi tem tido no que diz respeito ao amor, o casal Albert e Charlène parece que tem sido feliz nestes seus seis anos de casamento que lhes deu dois lindos filhos gémeos em 10 de Dezembro de 2014: Jaime Marquês de Baux e nomeado herdeiro do trono Monegasco e Gabriela, Condessa de Carladès .Se pensarmos em Caroline, a irmã um ano mais velha de Albert,que depois de um casamento em 1978 com o “play boy” Philippe Junot, que durou apenas cerca de dois anos, ver o seu casamento, celebrado em 1983 com o seu grande amor Stefano Casiraghi, de quem já tinha 3 filhos, Andrea, Charlotte e Pierre, desfeito em lágrimas pela sua morte num acidente náutico em Outubro de 1990, ou o seu casamento com o Príncipe Ernst Hannover de 1999 a 2009… a princesa realmente não tem sido feliz no amor.

Quanto à sua irmã Stéphanie, mais nova sete anos, tratada por sua mãe por “pequena selvagem”, os episódios amorosos foram muitos e os seus casamentos mal escolhidos, tal como com o seu guarda costas Daniel Ducruet de quem teve dois filhos, Louis e Pauline e de cujas fotos numa piscina aos beijos com uma stripper a levaram à separação, ou a sua relação com outro seu guarda costas, Jean Raymond Gottlieb de quem teve a sua filha Camille em 1998. Outros dois casos muito comentados terão sido com o domador de elefantes Franco Knie e o luso descendente Adams Peres, cujo casamento celebrado em 2003 apenas durou um ano. Desde aí não se tem sabido da princesa, que se tornou muito discreta. Depois destes desaires de suas irmãs é natural que o Príncipe, desportista e olímpico, estivesse tempo demais solteiro não fora encontrar a linda e candida Charlène que descobriu nos Jogos Olímpicos quando em 2000 ela venceu o campeonato dos Jogos Olímpicos de Sydney.

Os antepassados de Charlène tiveram percursos de vida aventureiros e interessantes entre Inglaterra, África do Sul, Rodésia, Austrália e Zimbabwe e foram desde importantes construtores de estradas a pesquisadores de diamantes, e um seu antepassado, Sir Ernest Shacleton, liderou várias expedições britânicas à Antártida.
O desporto tem acompanhado a família de Charlène. Seu pai, Michael Wittstock foi jogador de rugby e fã de box e sua mãe, Lynett Humberstone foi  uma campeã de mergulho acrobático que se tornou instrutora de natação. Quando residiam em Zimbabwe tiveram três filhos, Charlène, Garlene e Garet. Residindo agora em Benoni, Africa do Sul, vão muitas vezes visitar os seus filhos e netos, contribuindo assim para a união e estabilidade da família. Charlène, nascida em 25 de Janeiro de 1978,  hoje Alteza Sereníssima Princesa do Mónaco cuja Soberania se iniciou em 1 de Julho de 2011, foi criada como protestante tendo-se tornado membro da Igreja Católica Romana, como requerido pela constituição do Mónaco. Aprendeu o dialeto monegasco, o protocolo da corte europeia e a língua francesa. Albert II, nascido a 14 de Março de 1958, Chefe da Casa Grimaldi, uma das famílias mais antigas da Europa, e Príncipe Soberano do Mónaco continua o seu trabalho de apoiar o seu povo desempenhando um papel ativo na política do seu país, sendo o poder legislatio dividido entre o Príncipe e o Conselho Nacional.

As preocupações ambientais e o desporto estão sempre presentes neste Soberano, que visitou Portugal tendo proferido uma interessante conferência sobre a sustentabilidade dos oceanos. Aos Príncipes do Mónaco e seus filhos a revista ELES&ELAS deseja a continuação do seu bem estar e felicidade. Que a força de Charlène herdada pelos seus antepassados e a inteligência que Albert tem demonstrado não abandonem estes Príncipes!

M.L.B.

 

Leia mais na Eles&Elas nº 300 – Nas bancas

Deixe uma resposta