Millenium Estoril Open – Na Eles&Elas 299

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pablo Carreno Busta vinga-se e leva taça para Espanha

O Estoril encheu-se de novo para a terceira edição do Millennium Estoril Open. Entre fãs da modalidade e figuras públicas, muitas foram as pessoas que marcaram presença no Clube de Ténis do Estoril para assistir a uma das mais nobres competições. O Presidente da República, assumido fã deste desporto, não quis ficar de fora da festa, e marcou presença no evento.
Em solo português, foi um tenista espanhol que conquistou o troféu. Pablo Carrefio Busta, de 25 anos, derrotou por 6/2 e 7/6 (7-5) o luxemburguês Gilles Muller, numa final emocionante e renhida. Extasiado pela conquista, caiu de joelhos no chão e depois, embevecido, foi receber a taça de cristal que lhe havia escapado por pouco na final da prova do ano passado, contra ao também espanhol Nicolás Almagro. O vencedor do Millennium Estoril Open 2017 é o mais novo dos tenistas espanhóis no top 100, estando na 21ª posição. A conquista deste troféu deu projeção ao atleta e entusiasmo para as próximas competições, ainda que as provas que disputa em Portugal tenham um sabor especial. “Sinto-me muito confortável em Portugal. Não sei se pelas condições do campo, pela bola, o ambiente, as pessoas”, conta o tenista, que explica que consegue sempre bons resultados quando compete em solo português. João Sousa voltou a não ter sorte neste torneio, dado que foi eliminado pelo norte-americano Bjorn Fratangelo por 6-3 e 6-4 logo no primeiro jogo. A mesma eliminação precoce tinha acontecido nas edições de 2015 e 2016. Apesar de ser o número 1 português e o número 33 do ranking mundial, o tenista português viu-se com dificuldades em bater o número 133 da lista. Pedro Sousa, Frederico Ferreira Silva, Gastão Elias e João Domingues tiveram um pouco mais de sorte, ao chegarem a disputar segundos encontros.

Deixe uma resposta